Bem-estar e Lifestyle Viagens

Viagem Sudeste Asiático – Parte III – Vietname: Sapa e Food Tour em Hanoi

sapa

 

Viagem Sudeste Asiático – Parte I – Cambodja

Viagem Sudeste Asiático – Parte II – Vietname: Halong Bay e Hanoi

 

Como comecei a contar no post anterior, apanhámos um comboio ao final do dia para Sapa, que demoraria toda a noite a chegar lá. Nunca tinha dormido num comboio e foi muito engraçado. Ou melhor, já adormeci muitas vezes no Alfa, mas nunca tinha dormido numa cama num comboio. Por acaso não tirei nenhuma fotografia, mas se quiserem ter uma ideia de como são as cabines podem espreitar aqui. As nossas cabines eram assim, e partilhámos o “quarto” com dois rapazes australianos.

 

Este foi mesmo um dos meus aspetos preferidos nesta viagem: esta é uma zona do mundo em que andam tantas pessoas a viajar, por longos ou médios períodos de tempo, vindas de todos os cantos do nosso globo e com vontade de conhecer pessoas novas, que acabámos por conhecer imensas pessoas diferentes e interessantes. Já na estação, enquanto estávamos à espera do comboio, conhecemos um casal de suíços com quem estivemos à conversa e simpatizámos imenso. Mais tarde descobrimos que eles ficariam no mesmo hotel que nós em Sapa e ainda estivemos mais algumas vezes juntos. Estes rapazes australianos tinham acabado de terminar a licenciatura em arquitetura e estavam prestes a começar o mestrado, mas tinha três meses de férias pelo meio e estavam a aproveitar para viajar pela Ásia. Ficámos imenso tempo à conversa com eles antes de todos decidirmos ir dormir (e fiquei ainda com mais vontade de ir à Austrália).

 

Digo-vos já: dormir num comboio não é a coisa mais confortável de todos os tempos. Aquilo abana tudo e faz uma barulheira desgraçada, mas de qualquer maneira, foi melhor do que ir num comboio normal, com cadeiras em vez de camas.

 

Chegámos a Sapa muito cedo e levaram-nos para o hotel onde pudemos tomar o pequeno almoço. Logo a seguir, partimos para uma visita guiada a uma aldeia próxima da vila e a um riacho com cascatas. Em Sapa, as expedições são feitas com guias de tribos locais, o que nos permite falar e fazer perguntas sobre a região e os costumes.

 

sapa

 

sapa

 

sapa

 

sapa

 

A visita não foi muito longa e à hora do almoço voltámos ao hotel. Aproveitámos para tomar um banho, já que quando chegámos de manhã não tinha sido possível, e a partir do meio da tarde ainda pudemos ir visitar o centro da vila, onde ficámos até depois do jantar e ainda bebemos um copo de vinho quente.

 

sapa

Vista do quarto do hotel

 

sapa

De férias também se escreve!

 

sapa

Vista da varanda do quarto, na manhã seguinte ao acordar 🙂

 

No dia seguinte, fomos fazer uma longa caminhada com a mesma guia da véspera. Desta vez fomos mais fundo nas montanhas. Foi um trilho de média exigência, mas com umas paisagens lindíssimas. Deu para falar um pouco melhor com a guia, que era muito simpática, e conhecer mais pessoas que foram no mesmo grupo, vindos do Reino Unido, Estados Unidos, Holanda e Rússia. Voltámos a meio da tarde para o hotel, ainda saímos para beber um sumo (manga!) e ao final da tarde apanhámos o autocarro que nos ia levar ao comboio de regresso. Desta vez partilhámos a cabine com um casal austríaco, também muito simpáticos.

 

sapa

 

sapa

 

sapa

 

sapa

 

sapa

 

sapa

 

sapa

 

sapa

 

De manhã, de regresso a Hanoi, fomos fazer uma food tour que tínhamos marcado entretanto, por termos ficado tão bem impressionados com a de Siem Reap. Esta não foi tão boa como a primeira, mas ainda assim adorámos e voltámos a comer em locais que não teríamos encontrado sozinhos. Mais uma vez, andámos pelas ruas e pelos mercados. Desta vez não nos afastámos tanto da cidade porque Hanoi é uma cidade maior do que Siem Reap. Comemos em andamento, em pé ao lado de vendedores de rua, sentados em bancos minúsculos que alguns vendedores de rua têm à disposição, dentro de restaurantes e até com havianas calçadas, enquanto um senhor nos limpava o calçado (por sinal, todo sujo por termos andado no pó dos templos de Angkor), cortesia do guia da tour. As nossas sapatilhas ficaram como novas!

 

A seguir ao almoço, após o final da tour, fomos de volta para o aeroporto para apanharmos os voos para Hoi An, na minha opinião a cidade mais bonita do Vietname e da qual vou falar no próximo post desta série.

 

hanoi

 

hanoi

 

hanoi

 

hanoi

You Might Also Like

No Comments

    Leave a Reply

    %d bloggers like this: