Bem-estar e Lifestyle Viagens

Roadtrip USA West Coast – parte IV

Aqui fica a última parte da viagem pela Califórnia e arredores.

 

Dia 15 – San Francisco – Monterey

Na última manhã em São Francisco ainda visitamos o Golden Gate Park, e depois partimos pela Pacific Coast Highway (Route 1) em direção a sul. O plano era fazer a descida pela costa com calma e ir parando onde nos apetecesse, ao longo de dois dias. O troço da primeira tarde foi relativamente curto, apenas 2 horas e meia até Monterey, onde passámos essa noite. Monterey é uma pequena cidade costeira muito agradável, com águas do mar muito límpidas e um centro da cidade encantador, principalmente à noite, com luzinhas em todas as árvores (nestas pequenas cidades americanas parece sempre Natal, adoro!).

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

Dia 16 – Monterey – Big Sur – Lompoc

Passámos a manhã seguinte ainda em Monterey, a passear relaxadamente na cidade e junto ao mar. Comemos brunch num restaurante típico e depois voltámos a arrancar pela Pacific Coast Highway abaixo, para mais 4 horas de viagem. Mais paisagens lindas, várias paragens pelo caminho para apreciar as vistas e tirar fotos, e chegámos ao final do dia a Lompoc. Já era noite e apenas jantámos e fomos para o hotel dormir.

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

Dia 17 – Lompoc – Santa Barbara – LA

No dia seguinte partimos de imediato para Santa Barbara (a apenas 1 hora de distância), onde passámos a manhã. Passeámos pela cidade, fomos um bocadinho à praia e fizemos canoagem no mar. A meio da tarde partimos novamente, para mais 2 horas de viagem até LA. Em LA, ficámos instalados em Venice Beach, numa localização invejável mesmo pertinho da praia. Devem ter pago um balúrdio, pensam vocês. Mas não, porque ficámos num Airbnb que consistia numa tenda montada no jardim das traseiras de uma casa. Na casa viviam alguns rapazes (3 ou 4 talvez? Não sei bem, estava sempre gente a entrar e a sair) que pareciam ter acabado a universidade há muito pouco tempo e estariam no seu primeiro emprego. Basicamente só íamos à casa para dormir (na tenda) e podíamos usar a casa de banho e a cozinha. Ficou super barato e valeu a pena pela localização.

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

Dias 18, 19 e 20 – LA

Nos dias seguintes em LA, passeámos bastante. Fomos a Hollywood, claro, mas não valia a pena porque é verdade quando todos dizem que é uma grande desilusão. Fomos a Beverly Hills, a Santa Monica (onde andámos de bicicleta pelo passadiço e fomos ao pontão à noite), à baixa, percorremos a Mulholland Drive e comemos algumas boas refeições em alguns bons restaurantes. Mas no fundo não achei LA muito interessante. Talvez porque é uma cidade tão grande que complica um pouco a perspectiva. Dizer “vou a LA” não quer no fundo dizer grande coisa, porque há tantas zonas tão distintas umas das outras que falta saber onde em LA. E uma pessoa que anda a tentar conhecer a cidade (principalmente em apenas 3 dias) acaba por perder-se um pouco e dispersar, ficando a conhecer realmente muito pouco da cidade. Gostava de voltar, mas escolheria uma ou duas zonas (que não Hollywood nem a baixa) para ficar a conhecer melhor. No fundo, nestes dias, as zonas onde passámos mais tempo foram Venice Beach e Santa Monica, de que até gostei bastante.

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

 

roadtrip

 

Dia 21 – LA – Lisboa

No último dia de manhã ainda fomos à praia, onde estivemos algum tempo a ler e eu fiz uma grande caminhada. Depois chegou a hora de ir devolver o carro, ir para o aeroporto e voltar para casa.

 

Como já disse, estas foram as melhores férias da minha vida até ao momento. Gostei mais de umas partes do que de outras mas todas valeram a pena. As minhas partes preferidas foram os parques nacionais: Grand Canyon e Yosemite. Voltava a fazer esta viagem sem qualquer problema, com apenas alguns ajustes, nomeadamente: não voltava a Las Vegas, ou então ficaria apenas uma noite se isso facilitasse a deslocação entre dois outros pontos de interesse e passaria mais tempo em parques nacionais e cidades pequenas, e menos tempo nas cidades grandes. Um dia, quem sabe…

 

Como também já disse, respondo a qualquer pergunta para quem precise de ajuda a planear uma roadtrip deste género ou se simplesmente tiverem curiosidade em relação a algum pormenor.

You Might Also Like

No Comments

    Leave a Reply

    %d bloggers like this: