Bem-estar e Lifestyle Viagens

Roadtrip USA West Coast – parte II

Segue-se uma das minhas partes preferidas da viagem.

 

Dia 5 – Phoenix – Sedona – Grand Canyon

A noite em Phoenix foi muito má, com um calor insuportável e um ar condicionado no quarto do hotel que fazia um barulho infernal, e que por isso não pode ficar ligado a noite toda. Acordámos muito cedo para nos fazermos ao caminho e ainda esperámos uns minutos pelo início do pequeno almoço. Comemos uns waffles rapidamente e arrancámos em direção a Sedona, viagem de cerca de 2 horas. Esta região é caraterística pelas formações rochosas vermelhas e as paisagens são deslumbrantes. Há imensos trilhos na zona, com diversos graus de dificuldade. Como a seguir íamos para o Grand Canyon, não queríamos fazer um trilho muito longo. Fizemos o Cathedral Rock trail, de cerca de 2.5 km mas com uma boa elevação e penso que foi uma boa escolha. É uma das formações rochosas mais famosas da zona mas com um trilho bastante curto.

Após a descida almoçamos ainda em Sedona e pusemo-nos a caminho do Grand Canyon, mais um troço de cerca de 2 horas. Não queríamos chegar tarde ao parque nacional pois queríamos arranjar uma autorização de última hora para acamparmos na noite seguinte no parque do desfiladeiro. Ia bastante ansiosa com a possibilidade de já não ser possível mas tivemos sorte (como o próprio park ranger nos disse) e ainda conseguimos. Montámos a tenda num parque de campismo que tínhamos reservado e fomos jantar na sala comum de um dos conjuntos de alojamento que existem no parque. Felizmente, os americanos sabem aproveitar muito bem os seus parques nacionais, por isso para além de parques de campismo, encontram-se outros tipos de alojamento, maioritariamente cabanas que se localizam em zonas que parecem mini-cidades, com pequenos supermercados, casas de banho e balneários, e uma espécie de praças de alimentação, com vários tipos de comida, onde servem pequenos almoços, almoços e jantares, mas onde toda a gente parece comer em comunidade. Este tipo de ambiente proporciona que as pessoas facilmente comecem a conversar umas com as outras, mesmo não se conhecendo, e o ambiente que se gera é muito agradável.

 

roadtrip

 

roadtrip

 

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

Dia 6 – Grand Canyon

No dia seguinte, acordámos por volta das 6h da manhã, desmontámos a tenda e apanhámos um autocarro para o ponto de partida de um dos trilhos que desce até ao rio. Aconselharam-nos (o park ranger que nos deu a autorização) a fazer a descida por um dos trilhos com menos pontos de descanso e sem pontos de água (South Kaibab trail, 11.4 km, diferença de elevação de 1450 metros) de forma a levarmos a nossa própria água na descida, para depois fazermos a subida por um trilho diferente (Bright Angel trail, 15.9 km, diferença de elevação de 1315 metros), esse já com vários pontos de água (desta forma apenas precisávamos de levar água para a descida, na subida teríamos vários pontos para abastecer). Infelizmente estava a chover. O que significa que fizemos as primeiras 3 horas da descida de baixo de chuva forte e com nuvens literalmente à nossa volta, que nos impediam de desfrutar da paisagem. Pouco antes do meio de percurso as nuvens começaram a dispersar. Começámos a ter vislumbres do Grand Canyon e as roupas e sapatilhas começaram a secar. A descida foi dura (quem disse que “para baixo todos os anjos ajudam” nunca foi ao Grand Canyon), com tenda, sacos cama e comida e água às costas. Mas valeu a pena. Quando chegámos ao rio estava um dia de sol fantástico e chegámos a tomar banho num riacho. Voltámos a montar a tenda, passeámos um pouco, jantámos atum e feijão e fomos dormir cedo.

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

Dia 7 – Grand Canyon – Las Vegas

Seguiu-se o dia da subida. E se a descida foi dura, o que dizer da subida? Acordámos cedo, comemos umas barras de proteína, voltámos a desmontar a tenda e iniciámos a subida bem cedinho. Estava bom tempo, talvez até demasiado calor para quem estava a fazer aquela subida, mas permitiu-nos ver paisagens maravilhosas. A quantidade de pessoas com que nos cruzávamos ia aumentando à medida que íamos subindo, e nos últimos 3 km há mesmo muita gente (pessoas que descem apenas um bocadinho do trilho para depois voltarem a subir). Queríamos acabar a subida o mais rapidamente possível e talvez tenhamos subido rápido de mais. Não se deve brincar com diferenças de altitude tão bruscas e o R. sentiu-se mal, mas nada que uma boa sopa ao almoço não tivesse resolvido. A seguir ao almoço e antes de partirmos para Las Vegas fomos ainda espreitar um viewpoint para uma zona mais deserta do Grand Canyon, que proporcionou mais uma série de boas fotografias.

Depois então partimos para Las Vegas, num troço de cerca de 5 horas. Tínhamos gasolina suficiente para chegar a Vegas, mas mesmo à justa, por isso a cerca de 100 km do destino começámos à procura de uma bomba para abastecer. O problema é que à volta de Vegas só há deserto… e não havia bombas… ou havia, mas estavam abandonados (cena mesmo à filme). Estávamos a ficar aflitos (já íamos com o ar condicionado desligado há muito) quando finalmente alcançámos uma pequena cidade mesmo já quase a chegar a Las Vegas. Abastecemos de imediato e fizemos os últimos 15 km com uma enorme sensação de alívio. A chegada a Vegas é indescritível, mas mesmo assim vou tentar: vamos numa autoestrada no meio do nada, não há nada, nada, nada à nossa volta desde que deixámos a pequena cidade onde abastecemos. Apenas uma enorme escuridão. Até que passamos um pequeno troço da autoestrada que sobe, e chegados ao fim dessa subida começamos a descer, e de repente está uma enorme cidade cheia de luzes mesmo à nossa frente. Assim, mesmo do nada! Não é Paris a cidade das luzes, é Las Vegas. Imagem absolutamente impressionante (e a melhor parte de Las Vegas, mas isso fica para a próxima parte).

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

 

roadtrip

You Might Also Like

No Comments

    Leave a Reply

    %d bloggers like this: