Objetivos de escrita para 2017

escrita

 

Vamos falar de objetivos de escrita para 2017. Sim, eu sei que já estamos em Fevereiro, mas nunca é tarde, e uma vez que a data limite para o primeiro destes objetivos é apenas 2 de Abril, ainda vou muito a tempo.

 

Pois que eu não faço as coisas a meia medida e por isso tenho uma espécie de “calendário editorial”, chamemos-lhe assim, para os próximos três anos. E eu sei que três anos é extremamente ambicioso, que é praticamente impossível que as coisas corram como eu estou a planear, mas é um plano. E nesta fase, o mais importante é ter um plano, para saber para onde quero ir e o que tenho de fazer. Por isso este calendário é mais uma carta de intenções do que outra coisa e vai ser altamente adaptável às circunstâncias da minha vida e da minha carreira profissional, não vou ter problemas nenhuns em alterá-lo quando assim achar necessário. Mas a verdade é que gosto de ter este plano e só o facto de o ter já me ajudou a estabelecer esta lista de objetivos para 2017.

 

Alguns destes objetivos são altamente (mais uma vez) ambiciosos, principalmente os que contemplam partes do processo de escrita pelos quais nunca passei, que é o caso da revisão de um manuscrito. Mas tem de haver uma primeira vez para tudo, e eu estou mesmo a começar, por isso é apenas natural que esteja a passar por todos os “primeiros”.

 

Mas sem mais demoras, vamos aos objetivos.

 

Objetivo Nº 1 – Acabar o primeiro rascunho do meu primeiro manuscrito

Este é obviamente o objetivo principal do ano. A verdade é apenas uma: sem primeiro rascunho não temos manuscrito e sem manuscrito não temos livro publicado, ponto. (Com manuscrito podemos também não ter livro publicado, mas sem ele é que não temos de certeza.) Este em que estou a trabalhar de momento vai ser o primeiro manuscrito que vou terminar, pelo que será um marco importante para mim. Vai ser o dia em que vou poder dizer “Eu escrevi um romance.” Pode ser uma porcaria, não sei (a maior parte dos primeiros manuscritos são, e mais ainda dos primeiros rascunhos), pode nunca ser publicado, pode, mas escrevi-o e ele existe e pelo menos uma pessoa para além de mim vai lê-lo (já o prometi). E a data limite para este objetivo é: 2 de Abril (sim, 31 de Março seria uma data mais bonita, mas calha numa sexta-feira e eu escrevo mais ao fim de semana, por isso decidi extender por mais dois dias).

 

Objetivo Nº 2 – Fazer 4 rondas de revisão ao meu primeiro manuscrito

Eu avisei que alguns dos objetivos eram muito ambiciosos, e aqui está a prova. Como já referi, vai ser a minha primeira vez a rever um manuscrito. Não faço ideia de quantas rondas de revisão vou precisar. O que leio e ouço de todos os autores que sigo é que este processo varia muito conforme o escritor e que uns precisam (ou gostam) de fazer mais rondas do que outros. Não sei como vai ser comigo, mas tenho quase e certeza que pelo menos de quatro rondas vou precisar (para além da revisão após leitores beta). Vamos ver como corre (desejem-me sorte).

 

Objetivo Nº 3 – Estruturar o enredo dos meus 2º e 3º manuscritos

Mais um objetivo audacioso. O raciocínio é o seguinte: eu sei quais são as duas ideias que quero escrever a seguir, mas não sei qual delas quero escrever primeiro. Por isso vou trabalhar nas estruturas de ambas as histórias e depois logo decido. Uma das ideias é a de um manuscrito que comecei a escrever em 2015 (quando me apercebi pela primeira vez que podia ser escritora) mas que deixei “a meio” (muito menos do que meio, mas pronto). Na altura não trabalhei na estrutura, simplesmente comecei a escrever, por isso agora esta ideia terá de ser muito bem trabalhada antes de começar do zero. A outra ideia é uma que tive já depois de começar a escrever o manuscrito atual e da qual gosto muito. Fiz um pouco de brainstorming quando a ideia inicialmente surgiu mas depois tive de me focar na história que tenho agora em mãos, por isso este ano será a altura de trabalhar um pouco mais nela.

 

Objetivo Nº 4 – Escrever todo o primeiro rascunho do meu segundo manuscrito

Pois claro, o objetivo anterior tem de servir para alguma coisa, e a ideia é escrever uma segunda história já este ano. Não há tempo a perder e a probabilidade de os primeiros manuscritos serem uma porcaria, porque ainda estou a aprender como isto se faz, é muito elevada, por isso vamos a despachá-los. Este será muito provavelmente o último objetivo do ano (Novembro e Dezembro, aproveitando o NaNoWriMo para escrever a primeira metade e Dezembro para a segunda).

 

Objetivo Nº 5 – Lançar o meu site de autora

Quanto a este não há muito a dizer: escritor que é escritor precisa de ter um site e eu já comprei o domínio para o meu, agora preciso de o lançar.

 

É isto. O que acham?

 

Como não gosto da ideia de definir objetivos para o ano e depois só pensar neles no dia 31 de Dezembro, já tenho usado, e vou usar também aqui, a tática que tenho visto em muitos youtubers escritores (por exemplo, Jenna Moreci e Kim Chance), de definir objetivos por trimestre. Por isso podem contar com updates regulares (pelo menos a cada três meses) aqui no blog sobre como está a correr a execução destes objetivos. E para começar, o único objetivo para o primeiro trimestre (Inverno de 2017) será o Nº 1 (e mesmo assim tenho de fazer batota e extender o meu trimestre por mais dois dias, até 2 de Abril, mas acho que ninguém leva a mal).

 

Vai ser duro, mas estou entusiasmada e vou dar o meu melhor!

 

focus

Leave a Reply