Escrita Leitura e Escrita

Num autocarro no Vietname

autocarro

(créditos da imagem: Dan Bøțan)

 

Num autocarro no Vietname. Em silêncio. Ia a ler. Eu à janela, ele sentado ao meu lado. De repente, tive um momento. Parei de ler e olhei pela janela. Olhei pela janela mas não vi nada. Estava demasiado ocupada a ver coisas dentro da minha cabeça. E tive um momento. Um momento comigo própria. Um momento que não consigo explicar. O momento em que tive uma certeza inabalável. O momento em que soube que isto ia acontecer. Que vai acontecer. O momento em que tive a certeza que tenho mesmo de fazer isto. Dê por onde der, vai acontecer. Não sei como. Não sei quando. Não sei de que forma. Mas sei que vai acontecer. Sei, soube naquele momento, que vou levar esta jornada até ao fim. Dê por onde der. Demore o tempo que demorar. Vou chegar lá, hoje sei, hoje tenho a certeza. Tenho a certeza que nem sequer existe outra alternativa possível. Tenho a certeza que tenho em mim a força suficiente para levar isto até ao fim. Por isso vai acontecer, soube-o naquele momento, num autocarro no Vietname.

You Might Also Like

4 Comments

  • Reply
    Ela e Ele, Ele e Ela
    March 22, 2017 at 4:03 pm

    Texto muito inspirador! 🙂

    • Reply
      Filipa M.
      March 22, 2017 at 6:52 pm

      Obrigada! Fico mesmo muito contente 🙂

  • Reply
    ineslr
    March 24, 2017 at 7:52 pm

    Muito bonito 🙂

    • Reply
      Filipa M.
      March 26, 2017 at 6:24 pm

      Obrigada 🙂

Leave a Reply

%d bloggers like this: