Escrita Eu e as minhas histórias

Chegou a Newsletter Deixa Ser

Chegou o dia de lançar a Newsletter Deixa Ser!

 

newsletter

 

Alguns de vocês já repararam que já tenho o formulário de subscrição da newsletter aqui no menu do lado direito há algum tempo, assim como no final de alguns posts. Alguns até já subscreveram (muito obrigada!). Mas nunca enviei uma newsletter a sério. Durante uns tempos tive um e-mail a ser enviado automaticamente aos subscritores sempre que publicava um post no blog. No entanto, decidi cancelar esse formato quando iniciei o desafio #100palavraspordia porque ia começar a escrever todos os dias e achei que receber e-mails todos os dias apenas com a informação de que havia um post novo seria muito chato para toda a gente (já que eu própria não gosto de os receber quando são assim tão frequentes).

 

Já nessa altura andava com ideias de iniciar uma newsletter a sério e tenho andado a pensar muito naquilo que quero fazer com a newsletter do blog. Entretanto cheguei a algumas conclusões e tomei alguma decisões e gostava muito que a subscrevessem se tiverem interesse no tópicos de que costumo falar aqui no blog e se gostam de me ler. Por isso, vou passar a algumas informações práticas.

 

A Newsletter Deixa Ser vai sair duas vezes por mês, na segunda e na última segunda-feira de cada mês. Este mês será uma exceção e a Newsletter vai sair na terceira e na última segunda-feira do mês. Podem contar com ela (se tudo correr bem) em cada uma dessas segundas logo de manhãzinha, para começar bem a semana! Isto significa que o primeiro número vai ser enviado já na próxima segunda-feira, dia 15 de Maio.

 

Em termos de conteúdos, estou a planear o seguinte para a newsletter:

  • Texto inédito, não publicado no blog (que pode incluir updates sobre o que ando a fazer, novidades do blog, atividades de interesse, etc).
  • Citação motivacional.
  • Texto reflectivo relacionado com a citação anterior.
  • Partilha de recursos de interesse – artigos, vídeos, livros, textos que eu acredite serem de interesse para todos e relacionados com os tópicos que costumo abordar por aqui.
  • Esporadicamente posso incluir perguntas aos leitores sobre o que mais vos interessa e o que mais gostariam de ver no blog e na própria newsletter – quero que aquilo que eu faço seja útil e diferenciador para os meus leitores e a melhor forma de conseguir isso é perguntar diretamente aquilo que mais gostam.
  • Também esporadicamente, posso partilhar excertos dos meus trabalhos de ficção, sempre que achar que estão já com qualidade adequada aos olhos do público – parágrafos isolados ou primeiros capítulos de algum manuscrito, por exemplo.

 

E agora vem a parte em que ofereço alguma coisa, como não poderia deixar de ser, porque também eu não podia fugir à já estabelecida tradição de oferecer um bem digital em troca da vossa subscrição à newsletter! E o que tenho eu para vos oferecer? Uma coisa gira que eu própria tenho andado a desenhar.

 

Esta oferta só vai fazer sentido para quem gostar de ler (mas há aqui alguém que não goste!?) e está relacionada com o objetivo de viver uma vida mais intencional, em todos os sentidos. Saber porque e para que fazemos as coisas e o que delas podemos retirar também pode estar relacionado com os livros que lemos.

 

Muitas vezes dou por mim a ler e a gostar muito de certas passagens. Ou a notar algo de mais característico em relação a uma certa personagem. Por vezes sinto necessidade de apontar estas observações mas nem sempre tenho algo ali à mão onde o possa fazer. Ultimamente esta necessidade tornou-se mais premente porque comecei a ler mais livros de não-ficção e normalmente estes estão cheios de ideias e conceitos que queremos levar connosco depois de terminarmos de os ler. Já tentei usar post-its: colava um monte deles na primeira página do livro e depois ia-os retirando à medida que queria tirar notas e voltava a colá-los na página em questão. Mas a coisa não funcionava muito bem. Ou porque me esquecia de os usar (ali na primeira página não ficam muito à vista), ou porque ter uma série de notas em post-its diferentes não dá muito jeito para consultar mais tarde.

 

Foi então que me surgiu esta ideia. Que é tão simples mas que tem funcionado tão bem comigo (pelo menos nos dois ou três livros em que já lhes dei uso). Consiste em ter espaço no marcador que estamos a usar para tirar as nossas notas. Depois de terminado o livro, podemos guardar o marcador e consultar sempre que quisermos. Nos livros de ficção tenho apontado algumas citações que me marcam mais, algumas características sobre determinados personagens, os meus sentimentos ao ler o livro, o que gostei mais e menos. Nos livros de não-ficção, também aponto algumas citações e tomo notas sobre as principais ideias passadas pelo autor. Estou a gostar muito de usar este método e penso que consigo, desta forma, dar mais significado aos livros que tenho lido.

 

marcador

 

E é isto que vão poder levar convosco ao subscreverem a Newsletter Deixa Ser. Após confirmarem a vossa subscrição, vão receber na vossa caixa do correio um link para descarregarem um ficheiro PDF que podem imprimir:

  • imprimir de ambos os lados da folha – páginas 1 e 2 para ficção, páginas 3 e 4 para não-ficção
  • usar a opção de ajustar à página ao imprimirem
  • recortar o marcador e dobrar em três

 

Podem imprimir quantos quiserem para usarem com os vossos livros. Podem arquivar todos juntos para poderem consultar mais tarde, ou deixá-los dentro dos respetivos livros para poderem relembrar o que pensaram quando leram cada livro pela primeira vez.

 

Espero que gostem e que dêem uso a esta ferramenta. Se tiverem sugestões de melhoria digam-me e eu posso tentar adaptar o design inicial. Não se esqueçam de me dar a vossa opinião, que é fundamental para eu saber o que está a funcionar ou não. Isto aplica-se tanto ao marcador como à própria Newsletter. Quero mesmo que aquilo que partilho nela tenha valor para quem subscreveu, por isso todo o vosso feedback é valioso.

 

Para quem já tinha subscrito a newsletter, muito obrigada pela confiança e se quiserem o marcador enviem-me um e-mail que eu terei todo o gosto em partilhar o PDF com vocês.

 

Quem ainda não subscreveu, pode fazê-lo já aqui em baixo:

 

Para receberes o ficheiro PDF com o teu marcador de revisão subscreve por e-mail a Newsletter Deixa Ser.

(Também não gosto de SPAM, por isso prometo que só vou enviar conteúdo interessante)

You Might Also Like

No Comments

    Leave a Reply

    %d bloggers like this: