#100palavraspordia

#100/100 – 100 dias de 100 palavras por dia

#100palavraspordia

 

E finalmente chegou ao fim este gigantesco desafio. Como não poderia deixar de ser, o texto de hoje (o último!) vai resumir as principais conclusões que consegui retirar de ter escrito todos os dias, durante 100 dias, um texto com pelo menos 100 palavras.

 

 

1 – Temos muitas mais coisas para dizer do que imaginamos inicialmente

Ao princípio, quando comecei a pensar no desafio, achei avassalador ter de escrever qualquer coisa durante 100 dias. Pensei “como é que eu vou conseguir arranjar coisas para dizer durante 100 dias!?” Parecia-me mesmo impossível. É verdade que nem todos os dias tive coisas muito interessantes para dizer, mas não foi tão difícil como pensava.

 

2 – Nem sempre há assuntos interessantes para escrever

Como disse no ponto anterior, houve dias em que não me ocorria praticamente nada para dizer. Lá acabava por me surgir alguma coisa, mas a muito custo.

 

3 – … e há dias em que parece que não sai mesmo nada

Houve também alguns dias (felizmente poucos) em que o cansaço, a confusão ou qualquer outro estado emocional me afetaram tanto que parecia que não tinha mesmo mais palavras dentro de mim. Aí parece mesmo impossível escrever alguma coisa e acaba por ser uma luta. Tive dois ou três dias em que escrevi qualquer coisa e nem sequer partilhei no Facebook, porque não conseguia mesmo que as palavras fizessem sentido. Mas faz também parte deste desafio, lutar contra esses estados e escrever “no matter what”.

 

4 – É cansativo ter a obrigação de escrever todos os dias

Houve dias em que não me apetecia mesmo nada escrever. Curiosamente, isso não me aconteceu entre janeiro e março deste ano, quando também me obriguei a escrever todos os dias, mas para o primeiro rascunho do meu primeiro livro. Penso que neste desafio aconteceu mais precisamente por causa da obrigação de ter de gerar ideias novas. Quando estava a escrever o meu livro tratava-se apenas de continuar a mesma história, por isso acabava por ser mais fácil. É verdade: gerar ideias nem sempre é fácil.

 

5 – Explorei tópicos que talvez de outra forma não tivesse explorado

E isto foi muito bom. Por exemplo, gosto muito de escrever textos motivacionais, e penso que os explorei mais por causa deste desafio. É algo que quero continuar a fazer (gostam?)

 

6 – A experiência de escrever todos os dias ajudou-me a perceber algumas coisas sobre mim própria

Talvez precisamente por me ter visto obrigada a explorar novos tópicos e a pensar em ideias novas, acabei por perceber algumas coisas sobre mim própria que representaram um abrir de olhos. E isso também foi ótimo.

 

7 – Ter aquela obrigação todos os dias, roubou alguma da minha atenção de outras atividades, mesmo que não demorasse muito tempo a fazer

Escrever 100 palavras não demora muito tempo. Mas por vezes ficava bastante tempo a pensar no que iria escrever e senti que isso roubou a minha atenção a outras atividades. Talvez este tenho sido o ponto menos benéfico deste desafio.

 

 

Em jeito de conclusão, gostei de fazer o desafio e penso que as vantagens acabaram por compensar os aspetos negativos. Acima de tudo, sinto-me feliz e realizada por poder dizer que fui capaz de o fazer.

 

Agora, se voltaria a fazê-lo? Não sei, tão cedo nem quero pensar nisso! Talvez num futuro mais distante.

 

Se recomendo que outros o façam? Depende. Pode ser apropriado para uns mas não para outros. Penso que depende muito da pessoa e dos seus objetivos. Terão mesmo de decidir por vocês, mas os pontos que deixei acima podem ajudar-vos a ter uma ideia.

 

E quais são os meus planos para o futuro calendário deste blog? Bem, para já, quero abrandar. Este vai ser o primeiro fim de semana em mais de três meses em que não me vou ver obrigada a escrever nada (mas já tenho umas coisas que quero adiantar, irónico, não?) e quero descansar um pouco durante o verão. Por isso, o meu plano até ao final de agosto é publicar dois posts por semana, provavelmente às terças e quintas, ou então às segundas e quintas, ainda vou decidir. Depois, a partir de setembro, quero aumentar para pelo menos três posts, e ver como corre. Tudo isto é ajustável, claro.

 

E assim dou por concluído o desafio, com um texto não de 100, mas de mais de 700 palavras, e pela primeira vez em muito tempo, só regressando aos posts daqui a três ou quatro dias. Tenham um excelente fim de semana!

 

 

(Podem ver aqui como este desafio começou)

You Might Also Like

5 Comments

  • Reply
    ritamartins
    July 22, 2017 at 9:23 am

    CHEGASTE AO FIM, GUERREIRA! Muitos parabéns! Para mim és um exemplo! Meteste um objetivo e concluiste-o, sem desistir. Deste-me vontade de não perder o comboio e também de o fazer (mas eu sou mais pequena logo vou só fazer 30 dias).
    Obrigada pela inspiração, e parabéns, fizeste um excelente trabalho e acho que ajudou a evoluir a tua escrita
    #WaitForMe 🙂

    • Reply
      Filipa M.
      July 24, 2017 at 3:25 pm

      Muito obrigada, Rita! É mesmo bom ler essas palavras =) Então também vais fazer 30 dias? Parece-me muito bem! Quando começas? Mal posso esperar para acompanhar 😉

      • Reply
        ritamartins
        July 28, 2017 at 10:54 am

        Vou por nas minhas estratégias para fazer, mas vai ser muito duro 😉

  • Reply
    Mónica
    August 6, 2017 at 8:11 am

    Filipa primeiro muitos parabéns por teres concluído o teu desafio e é tão verdade todos os pontos de que falaste. Senti todas aquelas dificuldades. Estou quase a terminar o meu 😘

    Mónica

    http://www.omelhorvemaseguir.pt

    • Reply
      Filipa M.
      August 6, 2017 at 8:45 am

      Mónica, já vi que estás mesmo quase quase a acabar! Que grande esforço! Mais uns dias e já te dou os parabéns também 😉

Leave a Reply

%d bloggers like this: