Update: como anda o meu livro

 photo escrever livro update_zpsq3wwnxco.jpg

(crédito da imagem: Thomas Lefebvre)

 

Pois que vai muito bem, obrigada. E após algumas perguntas sobre como tem sido o progresso, decidi fazer este update.

 

História:

A verdade é que sinto que ainda me falta qualquer coisa na história, mas decidi não pensar nisso agora. Neste momento quero simplesmente terminar o primeiro rascunho e depois durante a revisão e com uma visão global da história, terei mais tempo e cabeça para pensar nisso.

 

Número de palavras:

Acabei de chegar ao número de palavras que achei que ia ser metade do primeiro rascunho. Mas a verdade é que ainda não vou a meio da história, por isso parece-me que o número total de palavras vai ter de aumentar. Na minha estimativa inicial, o primeiro rascunho teria 110 mil palavras (atendendo ao número de cenas e ao tamanho médio das minhas cenas). Esta manhã cheguei às 55 mil palavras, por isso teoricamente metade (YAY!). Mas entretanto as cenas começaram a ficar maiores e já não me parece que o primeiro rascunho se fique por esse tamanho. A estimativa atual aponta para as 125 mil palavras totais, que sei que é gigante, principalmente para primeiro livro, mas não quero preocupar-me com isso neste momento. Vou simplesmente aceitar que assim é para já. Felizmente, no último mês a escrita tem corrido muito bem, estou adiantada em relação ao meu plano, por isso estou a manter o objetivo de ter o primeiro rascunho terminado até 2 de Abril, apesar deste aumento de tamanho.

Em relação a esta nova estimativa de número de palavras, é algo que me parece estranho porque ao escrever sinto sempre que me falta alguma descrição na maior parte das cenas. Foco-me muito nas personagens e essencialmente nos diálogos e já me tinha mentalizado que a primeira ronda de revisões seria para acrescentar mais descrição. Por isso mesmo até pensava que o primeiro rascunho iria ficar mais pequeno do que o inicialmente esperado, mas pelos vistos não. Terei de ver o que se passa, mas o mais provável é que tenha algumas cenas a mais, que eventualmente terei de cortar (kill your darlings, como diz o Stephen King).

 

Personagens:

Gosto cada vez mais das minhas personagens, provavelmente porque também as conheço melhor. Sinto também que ainda falta um detalhe qualquer à personagem principal para a tornar realmente interessante, mas ainda não descobri o que é. A minha personagem preferida está a superar as expectativas e cada vez gosto mais dele. Já pensei em transformá-lo numa segunda personagem principal e fazer com que a história fosse contada em dois pontos de vista, mas se o rascunho já está a ficar gigante tal como está, parece-me melhor não o fazer. Além de que conseguir fazer dois pontos de vista bem não é nada fácil, pelo que não quero mesmo fazê-lo no meu primeiro livro (por acaso uma das ideias que tenho para futuros livros terá mesmo de ser contada em dois pontos de vista, por isso eventualmente será algo que vou ter de enfrentar, mas lá chegarei um dia).

 

E é isto. A verdade é que sinto que tenho deixado o blog um pouco de lado (já não tenho 3 semanas de posts agendados como tive em tempos, aliás, estou a escrever este literalmente duas horas antes da ser publicado) mas neste momento quero mesmo focar-me no livro. Lá está: sem manuscrito não há livro, por isso ele tem mesmo de ser o meu principal foco nas próximas semanas.

Leave a Reply