#18/100 – Mindset é tudo

 

Apesar de por vezes não parecer, é tão mais fácil criar hábitos do que tomar decisões conscientes. Criar hábitos e modificar a nossa identidade individual (aquilo que lá no fundo acreditamos que somos) pode muito bem ser a chave para muitos dos nossos problemas. Quando consegues realmente criar um hábito e, ao mesmo tempo, modificar a tua identidade individual de forma a que ela incorpore esse hábito, automaticamente transformas-te noutra pessoa e o processo de tomar aquela decisão todos os dias deixa de fazer parte de equação.

 

Rápido exemplo: quando tu deixas de ser a pessoa que está a tentar escrever um livro e que quando tem tempo decide fazê-lo (ou não), e em vez disso passas a ser a pessoa que escreve todos os dias, aconteça o que acontecer, independentemente de te apetecer ou não e nem que sejam apenas 100 palavras, ao fim de uns meses vais inevitavelmente acabar com um livro escrito. Ponto. Nem sequer existe alternativa. Desde que continues a colocar as 100 palavras de cada dia à frente das 100 palavras do dia anterior. Tu simplesmente ÉS a pessoa que escrever todos os dias. Não é algo que estás a tentar, nem que fazes se conseguires, se der, se tiveres tempo, e se estiveres com cabeça para o fazer.

 

E o mais fantástico no meio disto tudo é que o podes aplicar a qualquer coisa que decidas fazer. Queres comer melhor? Queres começar a correr ou a ir ao ginásio? Queres ler mais? Queres acordar mais cedo? Queres aprender uma coisa nova? Queres o que quer que seja? É possível. É apenas uma questão de mindset. E cada vez mais acredito que mindset é tudo.

 

 

(Podem ver aqui como este desafio começou)

 


 

Para receberes o ficheiro PDF com o teu marcador de revisão subscreve por e-mail a Newsletter Deixa Ser.

(Também não gosto de SPAM, por isso prometo que só vou enviar conteúdo interessante)

 

Leave a Reply